PEDIR SUA MÚSICA

CLIQUE AQUI E FAÇA SEU PEDIDO MUSICAL



Mostre para seus amigos o que você está ouvindo aqui, eles poderão ouvir no Facebook, compartilhe nosso player.


.
.

Uma "vassourinha" contra a corrupção no Brasil

O "Varre Varre Vassourinha" de Jânio Quadros é, provavelmente, o melhor jingle eleitoral de todo os tempos. A idéia é extremamente simples e não podia ser mais atual: a vassoura que vai varrer a corrupção do país. A melodia da marchinha também é muito boa, tem ritmo, tem suíngue. Destaque para o uso da onomatopéia de uma vassoura varrendo a corrupção nessa magistral interpretação. Enfim, um clássico da propaganda eleitoral.

Foi eleito presidente em 3 de outubro de 1960, pela coligação PTN-PDC-UDN-PR-PL, para o mandato de 1961 a 1965, com 5,6 milhões de votos - a maior votação até então obtida no Brasil - vencendo o marechal Henrique Lott de forma arrasadora, por mais de dois milhões de votos. Porém não conseguiu eleger o candidato a vice-presidente de sua chapa, Milton Campos (naquela época votava-se separadamente para presidente e vice). Quem se elegeu para vice-presidente foi João Goulart, do Partido Trabalhista Brasileiro. Os eleitos formaram a chapa conhecida como chapa Jan-Jan.

Quer matar a saudade ?, clique na seta e ouça o "varre varre vassourinha" 

Em agosto de 1961, um grande alvoroço tomou conta do governo de Jânio quando o mesmo decidiu condecorar o líder revolucionário cubano Ernesto Che Guevara. O gesto político, considerado um claro alinhamento com o bloco socialista, causou uma série de críticas ao seu governo. Alguns dias depois, repentinamente, Jânio Quadros anunciou a sua renúncia alegando que “forças terríveis” tramavam contra seu mandato.
Fonte: Informações Brasil Escola

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...