PEDIR SUA MÚSICA

CLIQUE AQUI E FAÇA SEU PEDIDO MUSICAL



Mostre para seus amigos o que você está ouvindo aqui, eles poderão ouvir no Facebook, compartilhe nosso player.


.
.

Anos 60: a moda era não seguir a moda


Minissaia anos 60
Os anos 60, acima de tudo, viveram uma explosão de juventude em todos os aspectos. Os jovens influenciados pela ideia de liberdade começavam a se opor à sociedade de consumo vigente. Nesse cenário, a transformação da moda iria ser radical. Era o fim da moda única, que passou a ter várias propostas e a forma de se vestir tornava cada vez mais ligada ao comportamento.

Consciente desse novo mercado consumidor e de sua voracidade, as empresas criaram produtos específicos para os jovens, que, pela primeira vez, tiveram sua própria moda, não mais derivada dos mais velhos. A moda era não seguir a moda, o que representava claramente um sinal de liberdade, o grande desejo da juventude da época. Na moda, a grande vedete dos anos 60 foi a minissaia. As mudanças nos vestuários também alcançaram a lingerie, com a generalização do uso da calcinha e meia calça, que dava conforte e segurança, tanto para usar a minissaia, quanto para dançar os ritmos da época – twist e o rock. O unissex, jeans e camisas sem gola, também ganhou força; já a mulher, pela primeira vez, ousava em vestir roupas que eram tradicionalmente masculinas, como o smoking.

Roberto Carlos – Anos 60

Os anos 60 serão lembrados pelo estereótipo de mulheres muito magras, com cabelos curtinhos e cílios inferiores pintados com delineador. A maquiagem era essencial e feita especialmente para o público jovem. O foco nos olhos, sempre muito marcados. Os batons eram clarinhos ou mesmo branco e os produtos preferidos deviam ser práticos e fáceis de usar, como estojos com lápis, pó, batom, e pincel. Já a moda masculina, por sua vez, foi muito influenciada pelas roupas que os garotos de Liverpool – Beatles, esse público roupas como paletós de colarinhos, gravatas largas e japona de couro. No Brasil, o movimento denominado “Jovem Guarda”, fazia muito sucesso na televisão e ditava a moda. Wanderléia de minissaia e Roberto Carlos de roupas coloridas e cabelos na testa, estilo Beatles.


Em nosso país nessa época, lutava-se contra a ditadura militar; contra a reforma educacional; o que iria mais tarde resultar no fechamento do Congresso. Talvez o maior desejo da juventude dos anos 60 tenha sido o de se rebelar; de buscar liberdade de expressão e liberdade sexual. Os anos 60 chegaram ao fim, coroados com a chegada do homem à Lua, em 1969. No mesmo ano, um grande show de rock aconteceu, o “Woodstock Music & Art Fair”, com 500 mil pessoas em três dias de muita música, amor, sexo e drogas.





Fonte:   www.maurofotos.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...