PEDIR SUA MÚSICA

CLIQUE AQUI E FAÇA SEU PEDIDO MUSICAL


Mostre para seus amigos o que você está ouvindo aqui, eles poderão ouvir no Facebook, compartilhe nosso player.


.
.

Graviola: sabor e benefícios para a sua saúde

Você gosta de frutas? Então, saiba que todas elas têm inúmeros benefícios para a nossa saúde. Um grande exemplo dentre essas frutas é a graviola, uma fruta originária das Antilhas, mais comuns nas regiões quentes e úmidas da Américas Latina, inclusive, no Brasil. Poucas pessoas conhecem a fruta in natura e ela é frequentemente mais consumida em forma de sucos, vitaminas, gelatinas, sorvetes, polpas e outros produtos.

A fruta, que tem o sabor semelhante ao da fruta do conde, é considerada por muita gente uma fruta exageradamente doce. Porém, existem muitas pessoas que apreciam o seu sabor.

Mas a graviola não é uma fruta que chama atenção somente pelo seu formato, que se assemelha ao coração, e seu sabor. Uma das grandes características da fruta é ser nutricionalmente rica e proporcionar benefícios que só ela pode, lembrando que todas as partes da fruta podem ser utilizadas. Confira.

Os benefícios da graviola
As folhas da graviola são muito utilizadas para tratar diversas doenças. Existem mitos e verdades a respeito. O importante é sempre comunicar o seu médico antes do uso.

Tratamento do câncer – O que mais tem sido falado a respeito da graviola é a sua capacidade de promover tratamento contra o câncer. Porém, embora alguns médicos e herbalistas acreditem na sua capacidade de matar células cancerígenas, ainda não há as comprovações necessárias.

No entanto, as folhas já são utilizadas como suplemento alimentar para pessoas que estão passando por tratamento contra o câncer.

Trata do sistema digestivo – A fruta é muito utilizada, em alguns países, para tratar de diarreias e disenterias, pois acredita-se que a sua folha pode matar parasitas e vermes, enquanto o seu suco limpa o corpo, eliminando parasitas e toxinas que fazem mal.

Trata a febre – De acordo com a Base de Nutrição Raintree, é comum, em alguns países da América Latina, a utilização das folhas e o suco da graviola para diminuir a temperatura corporal, em casos de febre. No Peru, por exemplo, acredita-se que o chá e o suco da fruta são capazes de aliviar inflamações na membrana mucosa e criar uma casca de refrigeração corporal.

Um sedativo – Pessoas de alguns países costumam utilizar as folhas e as raízes da graviola como um sedativo e costumam também utilizá-las como um tratamento natural para problemas no coração. Entretanto, ainda não existem estudos que confirmem a sua eficácia nesse sentido.

Um remédio natural para a depressão – Acredita-se que os compostos da graviola são capazes de inibir a receptação de serotonina, uma substância responsável por controlar o humor, emoções (tristeza, felicidade, ansiedade) e impactos, mas que, se desiquilibrada, pode causar depressão.


Porém, cuidado….
Segundo algumas opiniões, o tratamento prolongado com a graviola pode causar alguns prejuízos à saúde, porque a planta também mata bactérias benéficas presentes na pele, no intestino e na vagina, bactérias essas que são necessárias para a proteção desses locais.

Uma outra questão é que, embora não haja estudos que comprovem a relação, as mesmas substâncias presentes na graviola foram encontradas em pessoas que sofrem da Doença de Parkinson.

Por enquanto, são especulações. Porém, é sempre bom ter cuidado. Não adote qualquer tratamento sem a opinião de um médico.

Gostou do artigo? Comente e mostre para outras pessoas.

Escrito por: Daysi Pacheco




Fonte:www.colmeia.blog.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...